Voltar

GUIA DE VIAGEM LOUIS VUITTON “ROUTE 66”

O artista de história em quadrinhos, Thomas Ott, descreve a queda da Route 66, como é seu costume. O final da jornada não pode ser um final feliz, apenas um “cul-de-sac”, um beco sem saída.

Ninguém além de Thomas Ott, um verdadeiro fanático por filmes baseados em histórias em quadrinhos e romances, poderia resumir com tanto fervor a lendária Route 66 dos EUA. De Chicago, Illinois, a Santa Monica, na Califórnia, ele viajou cerca de 4.500 quilômetros em um período de três semanas. “A Route 66 é um mundo esquecido. Ninguém a usa. As paisagens são nuas. As cidades estão em ruínas. As ruas estão vazias e silenciosas. São cidades fantasmas, congeladas no passado. Eu ilustro essa América perdida ao longo da estrada.” Conforme o horizonte se estende, o viajante fica intoxicado com movimento, espaço e liberdade.

Thomas Ott, nascido em 1966 em Zurique, é um dos raros artistas de histórias em quadrinhos que trabalham em preto e branco, uma escolha poderosa que fez há mais de trinta anos. Com uma paciência infinita, ele raspa a superfície dos scratchboards, revestida com tinta nanquim, com uma faca. Suas marcas descobrem o branco por baixo, criando os contornos nítidos de um mundo que pertence somente a ele.

Descubra a coleção de guias de viagem.

Categorias: Livros de Viagem, Ilustração