Voltar

DESFILE MASCULINO SPRING-SUMMER 2019: RAINBOW VISION

Virgil Abloh traz um arco-íris de inspiração e inclusão à sua primeira coleção masculina para a Louis Vuitton

Nos jardins do Domaine du Palais Royal, uma passarela com as cores do arco-íris em degradê sinalizava a nova visão de Virgil Abloh. Unindo a tradição da Maison de viagem e sofisticação com uma mensagem global de positividade, o diretor artístico Ready to Wear Masculino da Louis Vuitton propôs uma coleção completa com silhuetas, artigos em couro e acessórios contemporâneos reinventados. Começando com os visuais de abertura em camadas de branco, o desfile continuou como uma representação da luz refratada através de um prisma – um espectro não apenas de cor, mas também de possibilidades de design.

A alfaiataria descontraída manteve uma forte presença como a constante entre o visual confortável do dia e o traje formal. Arreios e coletes com um design de bolso dos arquivos incorporavam a ideia de “acessomorfose” de Abloh, por meio da qual um acessório se torna uma peça de roupa, evoluindo sua função. Silhuetas urbanas assumiram novas formas elevadas através de uma modificação exata de três por cento de sua forma original. A icônica Keepall tornou-se dinamicamente atualizada nas superfícies com monograma transparente e iridescente, ou senão toda em couro branco, vermelho rubi e verde esmeralda – cada bolsa ostentando uma alça de corrente longa.

Enquanto modelos de todo o mundo caminhavam na passarela calçando tênis de cano alto LV Skate, derbies formais com peças de metal LV e tênis LV Runner vintage, eles evocavam o ideal de Abloh da Yellow Brick Road, o caminho de descoberta de Dorothy e da fuga sobrenatural. Cenas do filme aparecem integradas em malhas bordadas e agasalhos estampados, em adição ao poncho de couro prateado final com apliques comemorativos da Louis Vuitton e do Mágico de Oz. Esta foi a história de um sonho que se tornou realidade para Abloh, e de um futuro brilhante. 

Siga-nos no Instageam

Categorias: Instagram, Desfile, Ready to Wear, Palais Royal, Virgil Abloh