• O MET GALA DE 2016 - TAPETE VERMELHO

    • O MET GALA DE 2016 - TAPETE VERMELHO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • O MET GALA DE 2016 - TAPETE VERMELHO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • O MET GALA DE 2016 - TAPETE VERMELHO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • O MET GALA DE 2016 - TAPETE VERMELHO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • O MET GALA DE 2016 - TAPETE VERMELHO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • O MET GALA DE 2016 - TAPETE VERMELHO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • O MET GALA DE 2016 - TAPETE VERMELHO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • O MET GALA DE 2016 - TAPETE VERMELHO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • O MET GALA DE 2016 - TAPETE VERMELHO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • O MET GALA DE 2016 - TAPETE VERMELHO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • O MET GALA DE 2016 - TAPETE VERMELHO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • O MET GALA DE 2016 - TAPETE VERMELHO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • O MET GALA DE 2016 - TAPETE VERMELHO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    Ontem, Nicolas Ghesquière foi o presidente honorário do Met Gala de 2016, juntamente com Karl Lagerfeld, Miuccia Prada e Taylor Swift.

    Nesta ocasião, amigos da Maison e celebridades foram vistos um pouco antes de participarem do prestigiado evento. Entre as personalidades presentes estavam:  Alicia Vikander, Lea Seydoux, Xavier Dolan, Miranda Kerr, Selena Gomez, Taylor Swift, Jayden Smith, Michelle Williams, Grimes e Jennifer Connelly.

    Este evento celebra a exposição da primavera de 2016 do Costume Institute, intitulada “Manus x Machina: Fashion in an age of technology”. Alguns visuais da Louis Vuitton também serão apresentados na exposição.

    Descubra aqui os retratos de Patrick Demarchelier na conta da Louis Vuitton no Instagram.

    Ready to wear Nicolas Ghesquière MET Gala
  • EXPOSIÇÃO EM TÓQUIO: AMBIENTE JAPONÊS

    Um ambiente japonês exclusivo na exposição “Volez, Voguez, Voyagez – Louis Vuitton” em Tóquio.

    A Louis Vuitton desfruta de uma relação única e sólida com o Japão, fundada nos princípios da tradição e da modernidade, há anos.

    Na terra do sol nascente, a tradição é expressa na conservação de um sistema cultural, que permite a preservação do passado e a memória coletiva de uma nação.

    De uma perspectiva ocidental, o Japão também é uma terra que cria modernidade.

    Da mesma forma, a Louis Vuitton cultiva habilmente as bases aristocráticas de sua história, enquanto se aventura na vanguarda da modernidade e do futurismo.
    Dentro desta ambiguidade, a Maison encontrou semelhanças e o reconhecimento recíproco com o Japão: sejam eles os designs inimitáveis e inovadores que são confiados a Takashi Murakami, a Yayoi Kusama ou ao Rei Kawakubo para a Comme Des Garçons, seja ele um baú de maquiagens para um ator kabuki ou um baú-cabine de 1883 para um dignitário, os objetos nascidos desse encontro reconhecem seus direitos no presente.

    Gaston-Louis Vuitton colecionava tsubas, as guardas decoradas normalmente encontradas na base da empunhadura das espadas japonesas; seu pai, Georges, era fascinado pelos motivos japoneses, como aqueles encontrados nos mons, os brasões de família que influenciaram o famoso Monogram, evidência da admiração entre a Louis Vuitton e o Japão.

    Agende sua visita aqui.

    Descubra a página da exposição aqui.

    Exibição Tóquio Japan
  • EXPOSIÇÃO EM TÓQUIO: ENTREVISTAS COM OS CONVIDADOS

    Personalidades e amigos da Maison dão suas opiniões durante a abertura da exposição “Volez, Voguez, Voyagez – Louis Vuitton”.

    Os convidados, incluindo Cate Blanchett, Sofia Coppola e Carina Lau, foram convidados pela Louis Vuitton para a abertura de uma exposição que retrata a grande jornada da Maison, de 1854 até hoje. A exposição está aberta ao público em uma estrutura especial próxima a Kioicho, em Tóquio, até 19 de junho de 2016.

    Descubra a página da exposição aqui.

    Exibição Tóquio Fotografia
  • ASNIÈRES: O CORAÇÃO DA LOUIS VUITTON

    • ASNIÈRES: O CORAÇÃO DA LOUIS VUITTON - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • ASNIÈRES: O CORAÇÃO DA LOUIS VUITTON - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • ASNIÈRES: O CORAÇÃO DA LOUIS VUITTON - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • ASNIÈRES: O CORAÇÃO DA LOUIS VUITTON - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    Reinauguração do ateliê e da Galerie de Asnières em maio.

    O ateliê de Asnières é o verdadeiro espaço da Maison.
    Apenas cinco anos depois de fundar sua Maison, Louis Vuitton começou a aumentar sua sede em Paris. Em 1859, ele mudou os novos ateliês para Asnières, uma vila a poucos quilômetros a noroeste de Paris.

    Esses novos ateliês foram construídos no etéreo estilo Eiffel, combinando vidro e aço. O savoir-faire dos artesãos de Asnières é tão excepcional que, ainda hoje, peças importantes são criadas aqui: baús rígidos, criações em couros raros ou exóticos, pedidos especiais.

    Visite Asnières e descubra os detalhes da história da Louis Vuitton, seus laços com os ateliês, e admire a presença do universo Louis Vuitton em todas as criações.

    Agende sua visita ao ateliê de Asnières e à sua Galerie aqui.

    Asnières Galeria
  • EXPOSIÇÃO LOUIS VUITTON EM TÓQUIO – AGENDE SUA VISITA

    EXPOSIÇÃO LOUIS VUITTON EM TÓQUIO – AGENDE SUA VISITA - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    A Louis Vuitton celebrará a exposição “Volez, Voguez, Voyagez – Louis Vuitton” em Tóquio de 23 de abril a 19 de junho de 2016.

    Você pode agendar sua visita aqui.

    Criada por Olivier Saillard, ela refaz a incrível trajetória da Louis Vuitton, de 1854 até hoje, através de arquivos de família dos membros fundadores da Maison para aqueles que criam a Louis Vuitton do futuro.

    Desde o final do século XIX, a Maison sempre manteve fortes laços com o Japão. Das inspirações no “mon” (brasão da família) do canvas Monogram à longa lista de renomados clientes japoneses, como o líder político Taisuke Itagaki, e as colaborações com artistas contemporâneos japoneses, de Murakami a Kusama.

    “A Louis Vuitton sempre esteve na vanguarda da criação e da inovação, vivas há mais de um século. Inspirando-nos constantemente em nosso passado, fabricamos as tendências de hoje. Olivier Saillard fez sua própria imersão nos arquivos da Louis Vuitton para descobrir seus segredos. Ele transmite uma visão moderna de nosso passado, presente e futuro”, disse Michael Burke, diretor executivo da Louis Vuitton.

    A exposição será realizada em uma estrutura sob medida em Kojimachi, o bairro de Tóquio onde, em 1978, a Louis Vuitton abriu sua primeira loja no Japão.

    Exibição