• Fotografias da Celebração do Monograma ao vivo no Instagram

    Fotografias da Celebração do Monograma ao vivo no Instagram - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    Os iconoclastas e convidados do jantar em homenagem à Celebração do Monograma participarão de uma sessão de fotos para o Instagram durante o evento no estúdio fotográfico de Patrick Demarchelier.

    No dia 7 de novembro, um jantar será oferecido no Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) pelo presidente e CEO da Louis Vuitton, Michael Burke, e pelo vice-presidente executivo da Louis Vuitton, Delphine Arnault, em homenagem aos iconoclastas Christian Louboutin, Cindy Sherman, Frank Gehry, Karl Lagerfeld, Marc Newson e Rei Kawakubo.

    Um estúdio fotográfico dedicado à Celebração do Monograma foi construído dentro do museu a fim de imortalizar os convidados da noite. As fotografias serão tiradas durante o evento e publicadas diretamente no Instagram oficial da Louis Vuitton instagram.com/LouisVuitton.

    Evento New York A Celebração do Monograma Patrick Demarchelier Portraits Instagram
  • SEIS ICONOCLASTAS CELEBRAM O MONOGRAMA

    • SEIS ICONOCLASTAS CELEBRAM O MONOGRAMA - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • SEIS ICONOCLASTAS CELEBRAM O MONOGRAMA - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • SEIS ICONOCLASTAS CELEBRAM O MONOGRAMA - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • SEIS ICONOCLASTAS CELEBRAM O MONOGRAMA - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • SEIS ICONOCLASTAS CELEBRAM O MONOGRAMA - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • SEIS ICONOCLASTAS CELEBRAM O MONOGRAMA - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    Neste ano, seis artistas e designers pioneiros aceitaram o convite da Louis Vuitton para celebrar o icônico Monograma.

    Christian Louboutin cultivou seu amor pela feminilidade, além de certo fascínio pelas icônicas linhas de sapatos de salto alto. Após uma adolescência cercada pelo espírito da vida noturna parisiense e pelas dançarinas - seu primeiro emprego foi no cabaré Folies Bergeres, onde auxiliava nos bastidores – ele foi viajar pelo mundo. Cada uma de suas experiências transmite a estética do estilista até os dias de hoje. Tem sido um percurso iconoclástico para um designer de sapatos iconoclasta, que hoje é, possivelmente, o mais célebre do mundo, juntamente com sua marca registrada: a sola vermelha.

    Desde meados dos anos 1970, Cindy Sherman redefiniu fronteiras como fotógrafa e cineasta. Mais conhecida por seus retratos fotográficos, em que ela própria assume o papel de diferentes indivíduos, tanto homens quanto mulheres, apresenta-se frequentemente como ícone, embora questione de forma iconoclástica os papéis femininos na mídia. Em 1995, recebeu o prestigiado MacArthur Fellowship, também conhecido como o “prêmio dos gênios”. Com várias exposições internacionais, incluindo uma retrospectiva no Museu de Arte Moderna de Nova York em 2012, Cindy Sherman é indiscutivelmente a maior artista viva.

    Desde que iniciou sua carreira na arquitetura em Los Angeles, em 1962, Frank Gehry produziu alguns dos prédios mais importantes e prestigiados do mundo, os quais assumem o status de ícones de nossa era. Das surpreendentes reformas feitas em sua própria casa em Santa Mônica, que foi comprada e renovada em 1977, até o Museu Guggenheim de Bilbau em 1997, Frank Gehry vem redefinindo a paisagem arquitetônica. E ele continua fazendo isso com vários projetos prestigiados, incluindo seu outro projeto para a Louis Vuitton previsto para outubro deste ano, a Fondation Louis Vuitton, em Paris. Segundo a Vanity Fair, Frank Gehry pode ser considerado “o arquiteto mais importante da nossa época”.

    O estilista e diretor criativo Karl Lagerfeld revolucionou a indústria com sua abordagem iconoclástica de forma a redefinir a moda e prever e compreender a importância do ready-to-wear, além de seu talento para revitalizar e reinventar marcas. Tendo começado sua carreira aos 17 anos, trabalhou para Pierre Balmain e depois para Jean Patou e Chloé, ao mesmo tempo em que mergulhava e ampliava seu conhecimento em história, arte, arquitetura, música e, especialmente, em artes decorativas francesas do século XVIII. Colaborando com a Fendi desde 1965, ele é o designer chefe e diretor criativo da maison Chanel desde 1983, além de ser dono de sua própria maison. Por todas estas razões, Karl Lagerfeld é tanto um verdadeiro ícone quanto um iconoclasta.

    Tendo estudado escultura e design de joias, Marc Newson trabalhou em diversas áreas desde a aeroespacial e a tecnológica até a de móveis e moda. Seu percurso pode ser encarado como uma contribuição para sua abordagem iconoclástica, além de ser o motivo que o fez adotar um design emblemático nitidamente pessoal. Sua Lockheed Lounge, criada quando o designer tinha acabado de se formar na faculdade, com apenas 23 anos, tornou-se um dos verdadeiros ícones do design de nossa época.

    Depois de ter estudado arte e literatura, Rei Kawakubo rapidamente mudou de rumo, trabalhando para uma empresa têxtil e, em seguida, tornando-se uma estilista autodidata. Fundou a marca Comme des Garçons em 1969, onde tem participação em todas as áreas do processo de criação, desde as etapas gráficas, a publicidade e os interiores das lojas até o design e a produção de roupas e acessórios. Em 1981, realizou seu primeiro, e hoje lendário, desfile da Comme des Garçons, em Paris. Após o alvoroço inicial, sua estética iconoclástica e seu amor pela cor preta mudaram para sempre a noção global de beleza na indústria da moda.

    Saiba mais aqui.

    Monograma Colaboração
  • CAMPANHA A CELEBRAÇÃO DO MONOGRAMA

    • CAMPANHA A CELEBRAÇÃO DO MONOGRAMA - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • CAMPANHA A CELEBRAÇÃO DO MONOGRAMA - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • CAMPANHA A CELEBRAÇÃO DO MONOGRAMA - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • CAMPANHA A CELEBRAÇÃO DO MONOGRAMA - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • CAMPANHA A CELEBRAÇÃO DO MONOGRAMA - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • CAMPANHA A CELEBRAÇÃO DO MONOGRAMA - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    Descubra a mais recente campanha que apresenta o projeto A Celebração do Monograma.

    Na época de sua criação, o Monograma foi revolucionário. Esta assinatura tão particular e pessoal transformou-se imediatamente em um símbolo universal de modernidade nas mãos de Georges Vuitton: é uma das primeiras experiências de marca elevada e um sinal que esboça a cultura global vindoura.

    118 anos mais tarde, Steven Meisel fotografa a campanha A Celebração do Monograma para registrar a colaboração inigualável que envolve Christian Louboutin, Cindy Sherman, Frank Gehry, Karl Lagerfeld, Marc Newson e Rei Kawakubo.

    De certa maneira, isso significa que o Monograma encerrou um ciclo: contempla novamente suas raízes artesanais, sua conexão direta com as pessoas, a ousadia para desafiar os gêneros e, sobretudo, a jornada rumo ao futuro da Louis Vuitton. Esta coleção, tanto universal quanto pessoal, coloca-se em perfeita harmonia com a tradição cultivada pela Maison e, mais uma vez, desafia as expectativas.

    Descubra "A Celebração do Monograma" aqui.

    Monograma Colaboração Georges Vuitton Campanha Publicitária Fotografia
  • A CELEBRAÇÃO DO MONOGRAMA

    Em 1854, Louis Vuitton fundou sua “Maison”. Em 1896, seu filho Georges Vuitton criou o Monograma em homenagem a seu finado pai. Assim nasceu um ícone.

    À medida que atravessa os anos, alguns de seus atributos e significados seguem inalterados. Ao tornar difusas as fronteiras entre competência artesanal, arte e design, a Louis Vuitton tem englobado reiteradamente as noções de inovação, colaboração e ousadia ao longo de toda a história do Monograma.

    É nesse cenário que o projeto “O Ícone e os Iconoclastas: a Celebração do Monograma” da Louis Vuitton nos é apresentado neste ano. Trata-se de uma coleção de criações que mostra o lado eminentemente pessoal do Monograma, revelando de uma maneira singular, pessoal e idiossincrática algo que até então nos parecia familiar. Seis iconoclastas criativos, referências em suas respectivas áreas, que aboliram as fronteiras entre moda, arte, arquitetura e design de produtos, receberam carta branca para fazer o que acharem mais interessante ao canvas estampado.

    Aqui, Christian Louboutin, Cindy Sherman, Frank Gehry, Karl Lagerfeld, Marc Newson e Rei Kawakubo criaram uma coleção inédita, cada qual com sua radicalidade e seu toque pessoal, como pode ser visto nesta breve apresentação.

    Descubra "O Ícone e os Iconoclastas: A Celebração do Monograma" aqui.

     

    Monograma Colaboração Georges Vuitton Vídeo
  • AS VITRINES DE FRANK GEHRY PARA A LOUIS VUITTON

    • AS VITRINES DE FRANK GEHRY PARA A LOUIS VUITTON - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • AS VITRINES DE FRANK GEHRY PARA A LOUIS VUITTON - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • AS VITRINES DE FRANK GEHRY PARA A LOUIS VUITTON - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • AS VITRINES DE FRANK GEHRY PARA A LOUIS VUITTON - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    Poucas semanas antes da tão aguardada inauguração da Fondation Louis Vuitton, as vitrines de lojas ao redor do mundo apresentarão as esculturas de Frank Gehry com a coleção Fall 2014.

    Como complemento à sua participação no projeto "O Ícone e os Iconoclastas", Frank Gehry criou esculturas etéreas para as vitrines das lojas da Louis Vuitton, inspiradas nas estilosas e clássicas escunas. Confeccionadas em madeira revestida por jacarandá metalizado e cinza perolado, elas relembram as estruturas de vidro da Fondation Louis Vuitton, prestes a ser inaugurada.

    Visitantes e pessoas que passam pelo local podem enriquecer sua experiência por meio do escaneamento da imagem emblemática nas vitrines das lojas, permitindo o acesso a conteúdo exclusivo sobre o projeto e a detalhes sobre os produtos em destaque, com a possibilidade de compartilhar estes achados na mídia social.

    Faça agora o download do Louis Vuitton Pass na App Store ou no Google Play.

    Arquitetura aplicativo Louis Vuitton Pass Vitrines Colaboração