• A LISTA DE DESEJOS DE MICHELLE WILLIAMS

    A LISTA DE DESEJOS DE MICHELLE WILLIAMS - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    Para este fim de ano, Michelle Williams escolheu sua lista de desejos perfeita a partir de uma seleção da Louis Vuitton.

    A lista de desejos que Michelle Williams escolheu a partir de produtos da Louis Vuitton combina praticidade e elegância: a Keepall Bandoulière, perfeita para um passeio de fim de semana e no amigável tamanho cabine, possui uma alça de ombro fácil de carregar. A Petite Malle na cor vermelha relembra a herança da Maison na fabricação de baús. A Lockit, no elegante couro Taurillon, vem em um tamanho perfeito para carregar documentos ou um notebook. Por último, o pingente essential V em ouro é um "must-have" nesta época festiva.

    Bolsas Época de Festas Michelle Williams Lista de Desejos
  • O CANTO DAS SEREIAS - LV THE BOOK

    • O CANTO DAS SEREIAS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • O CANTO DAS SEREIAS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • O CANTO DAS SEREIAS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • O CANTO DAS SEREIAS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • O CANTO DAS SEREIAS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • O CANTO DAS SEREIAS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • O CANTO DAS SEREIAS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • O CANTO DAS SEREIAS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • O CANTO DAS SEREIAS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • O CANTO DAS SEREIAS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    Um trecho do artigo O Canto das Sereias publicado no livro LV THE BOOK, a nova revista impressa da Louis Vuitton.

    Foi o primeiro desfile Cruise da Maison Louis Vuitton. Um desfile fluido como a água, à sombra do Rochedo de Mônaco, para uma coleção em pleno estado de graça.

    Um verdadeiro acontecimento! Em maio deste ano, a Louis Vuitton apresentou seu primeiro desfile Cruise na passarela. Ele ocorreu no lendário Principado de Mônaco, onde Nicolas Ghesquière revelou sua coleção sob o patrocínio de Vossa Excelência, a princesa Charlene. Estavam presentes também Charlotte Gainsbourg, Jennifer Connelly e a jovem atriz Adèle Exarchopoulos, formando um trio brilhante de estrelas na primeira fileira.

    LV Book
  • CRUISE / UMA VIAGEM OU JORNADA

    • CRUISE / UMA VIAGEM OU JORNADA - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CRUISE / UMA VIAGEM OU JORNADA - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CRUISE / UMA VIAGEM OU JORNADA - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CRUISE / UMA VIAGEM OU JORNADA - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CRUISE / UMA VIAGEM OU JORNADA - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    A Coleção Cruise 2015 da Louis Vuitton foi fotografada por Juergen Teller em nossa sede, em Paris, e em uma locação, em Mônaco.

    "Esta coleção Cruise percorre um caminho nada tradicional, explora a transformação na área de vestuário. Ainda assim, estas peças permanecem associadas à ideia do look para o dia a dia. Sempre com um toque de atemporalidade." Estas palavras, retiradas do lookbook Cruise 2015, fazem alusão à qualidade casual, atemporal e ávida da coleção apresentada este ano, no sul da França.

     Foi a primeira coleção Cruise de Nicolas Ghesquière como Diretor Artístico das coleções femininas da Louis Vuitton. A escolha em apresentá-la na Riviera Francesa relembra as origens da lendária Louis Vuitton na Côte d'Azur, onde a arte de viajar e o luxo se uniram pela primeira vez.

    Lookbook Cruise Ready to Wear Juergen Teller Fotografia
  • MON DAMIER GRAPHITE

    O histórico serviço de personalização da Louis Vuitton está agora disponível no canvas Damier Graphite. 

    A criação de artigos de viagem personalizados e únicos era a ambição primordial - e revolucionária - da Louis Vuitton no século XIX e continua sendo uma das grandes aspirações nos dias de hoje.

    O serviço Mon Damier Graphite oferece a possibilidade de personalizar uma seleção de produtos com iniciais e listras coloridas, uma oportunidade de participar do processo criativo e do design dos produtos da Louis Vuitton. Escolha a combinação de cores que mais representa você dentre uma variedade quase ilimitada de possibilidades. Uma série de 5 novas cores foi adicionada à paleta atual, totalizando 22 cores disponíveis tanto em Mon Monogram quanto em Mon Damier Graphite, que transformarão seus produtos em peças únicas.

    Descubra nosso serviço de personalização aqui.

    Damier Personalização Vídeo
  • CÓDIGOS E SEGREDOS - LV THE BOOK

    • CÓDIGOS E SEGREDOS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CÓDIGOS E SEGREDOS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CÓDIGOS E SEGREDOS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CÓDIGOS E SEGREDOS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CÓDIGOS E SEGREDOS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CÓDIGOS E SEGREDOS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CÓDIGOS E SEGREDOS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CÓDIGOS E SEGREDOS - LV THE BOOK - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    Um trecho do artigo "Códigos e Segredos" publicado no livro LV THE BOOK, a nova revista impressa da Louis Vuitton.

    A primeira coleção de Nicolas Ghesquière para a Maison Louis Vuitton é uma viagem ao interior de um amplo território: a história de Louis Vuitton. “Há códigos universais que pertencem apenas à Maison Louis Vuitton. A questão era como reapropriá-las e transpô-las para um novo território”, explica ele. Para o estilista, uma maneira de prestar homenagem a uma saga muito inspiradora sobre uma geração de fabricantes de baús. Uma homenagem também ao conhecimento de um grande especialista no trabalho artesanal. Como uma série de pistas de estilo, vamos seguir o percurso apaixonante desta caça ao tesouro fashion...

    *Couro Epi

    Um couro emblemático para a Maison. E um material gráfico que Nicolas Ghesquière escolheu imediatamente e quis
    desenvolver como um fio de Ariadne ao longo de todo o seu desfile. Este couro Epi, estrela das bolsas dos anos 1980, regressou em 2014 ligeiramente reformulado, explorando as linhas diagonais na “Petite Malle” em tom vermelho cereja. Aparece também nos sapatos e nas botas em tom matizado, mas também brilhante. Este último, recém-chegado, foi precisamente designado como “Epi électrique”, devido ao efeito reflexivo observado quando a luz é captada. Pode ser igualmente visto em joias, nas grandes pulseiras. E aí assume a marca da tradição como uma impressão gravada no metal, como se fosse atemporal, um eco de tempos passados.

    LV Book