• UMA PARCERIA ENTRE LOUIS VUITTON E BMW i PARA CRIAR AS BAGAGENS DO FUTURO

    • UMA PARCERIA ENTRE LOUIS VUITTON E BMW i PARA CRIAR AS BAGAGENS DO FUTURO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • UMA PARCERIA ENTRE LOUIS VUITTON E BMW i PARA CRIAR AS BAGAGENS DO FUTURO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • UMA PARCERIA ENTRE LOUIS VUITTON E BMW i PARA CRIAR AS BAGAGENS DO FUTURO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • UMA PARCERIA ENTRE LOUIS VUITTON E BMW i PARA CRIAR AS BAGAGENS DO FUTURO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • UMA PARCERIA ENTRE LOUIS VUITTON E BMW i PARA CRIAR AS BAGAGENS DO FUTURO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • UMA PARCERIA ENTRE LOUIS VUITTON E BMW i PARA CRIAR AS BAGAGENS DO FUTURO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    • UMA PARCERIA ENTRE LOUIS VUITTON E BMW i PARA CRIAR AS BAGAGENS DO FUTURO - NOTÍCIAS sobre Herança na Louis Vuitton
    A Louis Vuitton, pioneira na arte de viajar, fez uma parceria com a BMW i a fim de criar uma série de bagagens sob medida em fibra de carbono para o recém-lançado BMW i8.

    O conjunto de quatro malas e bolsas exclusivas foi projetado cuidadosamente em sintonia com as linhas refinadas do mais moderno dos automóveis esportivos, o BMW i8. Cada peça relembra a herança do trabalho artesanal e da inovação da Louis Vuitton através de seus designs arrojados e de materiais com construção cuidadosa e precisa.

    Bolsas macias e flexíveis e pastas semirrígidas foram milimetricamente planejadas de forma inteligente. Elas podem ser empilhadas de forma engenhosa, permitindo ao viajante carregar seus bens mais preciosos com segurança e em grande estilo, sem comprometer o conforto e o luxo das viagens de alto padrão.

    Visualizar a coleção completa de bagagens da BMW i8 Aqui.
    Descubra mais AQUI.

    Bolsas Malas Viagem Automobile
  • UM CARTÃO-POSTAL DE ANDRÉ SARAIVA

    • UM CARTÃO-POSTAL DE ANDRÉ SARAIVA - NOTÍCIAS sobre Arte e Viagens na Louis Vuitton
    • UM CARTÃO-POSTAL DE ANDRÉ SARAIVA - NOTÍCIAS sobre Arte e Viagens na Louis Vuitton
    O artista visual parisiense André Saraiva enviou-nos um cartão-postal para comemorar sua colaboração com a Louis Vuitton na coleção de echarpes Spring Summer.

    Para esta nova colaboração com a Louis Vuitton, André Saraiva usou seu estúdio como inspiração para sua interpretação do xale Monogram da Maison. Uma vez que suas pinceladas foram transpostas para luxuosos materiais como a seda e o algodão, o xale tornou-se uma escolha natural para ‘Mr. A’, o desenho que representa a assinatura do artista com olhos assimétricos e está presente em paredes e galerias de arte de Paris, assim como de muitas outras cidades internacionais.

    Nascido em 1971, desde jovem ele já considerava que as paredes pertenciam a ele. "Quando cheguei em Paris em 1981, era óbvio para mim que a rua se tornaria minha escola, meu estúdio. O Graffiti é uma maneira de desafiar a dominação da cidade sobre os indivíduos, uma maneira de possuí-la".

    André Saraiva vive e trabalha entre Paris, Nova York e Los Angeles e atualmente é o Diretor Criativo da revista francesa L'Officiel Hommes. Suas obras de arte são apresentadas em galerias ao redor do mundo, de Paris a Nova York, Saint Tropez, Estocolmo, Los Angeles e Tóquio.

    Descubra a coleção Foulards d’Artistes completa aqui.

    Cartão-postal Acessórios Colaboração André Saraiva Echarpes
  • «FOULARDS D’ARTISTES», A ARTE DE RUA PELO MUNDO

    «FOULARDS D’ARTISTES», A ARTE DE RUA PELO MUNDO - NOTÍCIAS sobre Arte e Viagens na Louis Vuitton
    Neste verão, a Louis Vuitton continua seu tour pelo mundo no intenso cenário da arte de rua convidando três novos artistas...

    O artista californiano Kenny Scharf é uma figura notável do cenário artístico da década de 80 em Nova York nas áreas de pintura, escultura e performance, juntamente com artistas icônicos como Keith Haring. Em um processo contínuo de conectar as artes plásticas e a cultura popular, ele cobriu o carré geant em seda da Louis Vuitton com uma colagem colorida de motivos e símbolos relacionados à astronomia em uma base turva psicodélica.

    Para André Saraiva, seu estúdio foi a inspiração para a base de sua interpretação do xale Monogram da Louis Vuitton. Uma vez que ele imprimiu seu toque ao luxuoso acessório em seda e algodão, este se tornou o lugar ideal para ‘Mr. A’, a assinatura do artista, com olhos assimétricos, que habita as paredes e as galerias de arte de Paris, assim como de muitas outras cidades internacionais.

    Fazendo jus ao seu nome, proveniente do deus do sol inca, INTI é inspirado na antiga cultura andina, a qual ele transcreve em cores intensas e trabalhos monumentais. O carré geant é revisitado com um motivo de sol e tons quentes de dourado e laranja, fazendo referência à imagem de ‘Wiracocha’, deus da cultura TIWANAKU.

    Descubra as novas colaborações criativas AQUI.

    Acessórios Colaboração André Saraiva Echarpes
  • CRÔNICAS SOBRE O DESFILE

    • CRÔNICAS SOBRE O DESFILE - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CRÔNICAS SOBRE O DESFILE - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CRÔNICAS SOBRE O DESFILE - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CRÔNICAS SOBRE O DESFILE - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CRÔNICAS SOBRE O DESFILE - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CRÔNICAS SOBRE O DESFILE - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CRÔNICAS SOBRE O DESFILE - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CRÔNICAS SOBRE O DESFILE - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CRÔNICAS SOBRE O DESFILE - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CRÔNICAS SOBRE O DESFILE - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CRÔNICAS SOBRE O DESFILE - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CRÔNICAS SOBRE O DESFILE - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    • CRÔNICAS SOBRE O DESFILE - NOTÍCIAS sobre Moda na Louis Vuitton
    O desfile feminino Fall/Winter 2014-2015 da Louis Vuitton foi uma introdução perfeita da primeira coleção de Nicolas Ghesquière para a Maison.

    Guarde o melhor para o final… Fechando a Paris Fashion Week, o evento ocorreu em uma estrutura de vidro no Cour Carrée du Louvre.

    A fotógrafa Emanuele D’Angelo documentou a atmosfera eletrizante que envolveu o desfile, compreendendo tanto os momentos íntimos quanto os sociais entre as celebridades e os especialistas em moda e, desta forma, apreendendo este momento único da Maison francesa.

    Desfile de moda Nicolas Ghesquière Fotografia