Sustentabilidade 11/09

Incentivando Diversidade e Inclusão

A Louis Vuitton é uma empresa que respeita a singularidade de cada funcionário, oferecendo a todos os meios para encontrar seu lugar e prosperar.

NOSSAS AÇÕES EM ANDAMENTO:

TREINAMENTO DE TODOS OS NOSSOS FUNCIONÁRIOS NA PREVENÇÃO DE PRECONCEITOS E ESTEREÓTIPOS INCONSCIENTES ATÉ 2022

PUBLICAÇÕES DE OFERTAS DE TRABALHO TOTALMENTE INCLUSIVAS E NÃO DISCRIMINATÓRIAS

Garantia de Oportunidades Iguais

Promovemos iniciativas que visam apoiar a igualdade profissional para todos, indo além de medidas puramente simbólicas.

da mobilidade executiva observada em 2020 foi para mulheres, que representam 62% da força de trabalho executiva da Louis Vuitton. Em 2013, a LVMH e a Louis Vuitton assinaram os Princípios de Empoderamento das Mulheres da ONU, reforçando nosso compromisso de apoiar os direitos das mulheres e o desenvolvimento em todo o mundo. Dentro dessa estrutura, desde então, implementamos planos de ação anuais para a igualdade de gênero, cobrindo todos os campos profissionais, desde o recrutamento, a mobilidade profissional, a remuneração e o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional até a saúde ocupacional.

é o ano em que o grupo LVMH assinou os Padrões de conduta da ONU para combater a discriminação contra pessoas LGBTQI+. Esta promessa amplia e fortalece nosso compromisso de construir uma cultura empresarial inclusiva para funcionários LGBTQI+, iniciada em 2018 com a criação do Índice de inclusão LVMH. LVMH Inclusion Index.

nacionalidades diferentes são representadas nas equipes da Louis Vuitton em todo o mundo. Em 2020, operamos em 62 países, o que nos levou a uma rica diversidade social e cultural, tanto entre nossos funcionários quanto com fornecedores.

funcionários com deficiência trabalham na Louis Vuitton em todo o mundo em 2020. Nossa Maison sempre teve o compromisso de contratar pessoas com deficiência. Continuamos promovendo a inclusão de pessoas com deficiência por meio de muitas ações concretas.

Garantia de um Ambiente Inclusivo

Em todo o mundo, a Louis Vuitton está empenhada em garantir um local de trabalho baseado nos princípios de respeito às diferenças e na promoção da inclusão.

Global

Prevenção de “preconceitos e estereótipos inconscientes”

Iniciado em 2018, este programa de treinamento exclusivo visa aumentar a consciência de nossas equipes sobre o impacto dos preconceitos e estereótipos nos processos de tomada de decisão e o valor da diversidade no local de trabalho. Durante os workshops, os colaboradores exploram as nuances entre preconceitos, estereótipos e discriminações, analisando alguns dos preconceitos inconscientes mais comuns, antes de criar planos de ação específicos para combater os mecanismos de discriminação no local de trabalho e promover a igualdade de oportunidades.

Promoção do desenvolvimento das mulheres com o programa “EllesVMH”

Lançado em 2007 pela LVMH, o EllesVMH visa apoiar o desenvolvimento profissional das mulheres em todos os cargos ou níveis de experiência com iniciativas como coaching, mentoria, treinamento, ou destacando os planos de carreira das mulheres. Em 2018, o EllesVMH lançou a SHERO, uma plataforma digital interna e comunidade para capacitar mulheres e homens que trabalham no grupo LVMH com artigos, vídeos, podcasts e muito mais.

FRANÇA

Treinamento sobre “Comportamentos sexistas e assédio sexual no local de trabalho”

O sexismo agrupa todas as crenças e comportamentos discriminatórios, com base na ideia de que um sexo e, por extensão, um gênero, na maioria das vezes feminino, é inferior a outro. O sexismo é o principal obstáculo à igualdade entre mulheres e homens, especialmente no local de trabalho. Atuamos treinando membros da equipe local em cada uma de nossas unidades na França para prevenir e combater o sexismo e suas manifestações.

Trabalho com pessoas com deficiência por meio de parcerias com ESATs e EAs

ESATs (Etablissements et Services d’Aide par le Travail) são estruturas de saúde e sociais que auxiliam as pessoas com deficiência no exercício de uma atividade profissional em condições de trabalho adaptadas e com apoio social e médico. EAs (Entreprises Adaptées) são empresas que empregam até 80% dos trabalhadores com deficiência em ambiente adequado e adaptado. Na França, a Louis Vuitton desenvolveu parcerias duradouras com 44 ESATs e EAs, por um faturamento total de mais de 5 milhões de euros em 2019, em diversas atividades, como logística ou processos industriais.

JAPÃO

Apoio a emprego de Pessoas Sêniors

Para a Louis Vuitton, a retenção de funcionários sêniors, verdadeiros pilares da transmissão, é uma questão fundamental que é tratada especificamente por região geográfica. Desde 2016, no Japão, oferecemos aos funcionários sêniorss voluntários a chance de estender sua experiência profissional além da idade legal de aposentadoria. Esta iniciativa aprimora as habilidades de nossas equipes ao construir pontes entre gerações.

ESTADOS UNIDOS

Retirando o gênero de nossa documentação interna

Nos Estados Unidos, Louis Vuitton reescreveu o manual de varejo da Maison para substituir os pronomes masculinos e femininos “ele” e “ela” por formulações neutras de gênero. Essa nova versão contribui para uma inclusão maior dos colaboradores que não desejam ser identificados por seu gênero. Essa iniciativa foi estendida ao processo de orientação: ao ser contratado, o colaborador pode selecionar seu gênero entre três opções distintas: “masculino”, “feminino” ou “não desejo identificar”. •Garantia de diretrizes inclusivas de estilo e aparência Nas lojas Louis Vuitton, todas as indicações relacionadas com sexo e gênero foram removidas das diretrizes de estilo e aparência. Por exemplo: os funcionários não recebem mais um uniforme com base no sexo e podem, em vez disso, selecionar o uniforme que preferir. Além disso, as orientações de maquiagem e cabelo são neutras em termos de gênero. Os exemplos de estilo visual e aparência refletem todos os tipos de cabelo, pele e corpo para abraçar a diversidade de nossos funcionários.

Garantia de diretrizes inclusivas de estilo e aparência

Nas lojas Louis Vuitton, todas as indicações relacionadas com sexo e gênero foram removidas das diretrizes de estilo e aparência. Por exemplo: os funcionários não recebem mais um uniforme com base no sexo e podem, em vez disso, selecionar o uniforme que preferir. Além disso, as orientações de maquiagem e cabelo são neutras em termos de gênero. Os exemplos de estilo visual e aparência refletem todos os tipos de cabelo, pele e corpo para abraçar a diversidade de nossos funcionários.

Moldando uma cultura ainda mais inclusiva para funcionários LGBTQIA+ com ALL LVMH Pride

A Louis Vuitton Americas tem o orgulho de participar da “All LVMH Pride”, uma comunidade de afinidade para todos os funcionários LGBTQIA+ e seus aliados na América do Norte. Criada por funcionários, para funcionários e aberta a todos, esta rede na qual a Louis Vuitton atua defende e celebra a diversidade, a inclusão e a autenticidade LGBTQIA+, com forte foco em ações comunitárias, eventos locais internos e externos e parcerias locais. Essa iniciativa foi destacada na edição 2020 do Índice de Inclusão LVMH e deve se tornar a rede global da LVMH para a comunidade LGBTQIA+.

SUL DA ÁSIA

Garantia de cobertura médica igual para funcionários LGBTQI+

Nas Filipinas, a lei não reconhece casamentos, uniões civis ou parcerias domésticas entre pessoas do mesmo sexo. Apesar da falta de reconhecimento legal formal, desde 2019, a Louis Vuitton oferece cobertura médica para parceiros dependentes de funcionários LGBTQI+ nas Filipinas, fornecendo benefícios consistentes e inclusivos. Esta iniciativa foi destacada na edição 2020 do “Índice de inclusão LVMH”.

NORTE DA ÁSIA

Aumento da conscientização sobre deficiências com treinamentos

Todos os anos, desde 2018, os funcionários da Louis Vuitton da Coreia do Sul passam por treinamento para aumentar a conscientização sobre as várias formas de deficiência no trabalho. Desde seu lançamento, mais de 1.200 pessoas foram treinadas para facilitar a integração de novos funcionários com deficiência, apoiando melhor esses colegas.

Ler mais