Compre Online com Frete Grátis e Parcelamento Especial
Arte e Cultura - Exposições 10/05

Espaces Louis Vuitton

O Espace Louis Vuitton é um local de exposição que incentiva a criação de novas obras de arte contemporâneas em Tóquio, Munique, Veneza, Pequim, Seul e Osaka.

Tóquio

O Espace Louis Vuitton Tóquio, inaugurado em 2011, está localizado no centro de Omotesando, a área mais bela de Tóquio, onde muitas tendências e movimentos culturais florescem. Incorporando a mesma paixão do Japão e da Louis Vuitton pela criatividade, o Espace Louis Vuitton Tóquio é uma caixa de vidro no último andar do edifício Louis Vuitton, criado pelo arquiteto japonês Jun Aoki. Ele tem uma arquitetura visualmente estimulante e é um lugar para exposições que incentiva a criação de novos trabalhos artísticos contemporâneos.

O trabalho de Doug Aitken inclui desde fotografia, escultura e intervenções arquitetônicas até filmes, trilhas, obras feitas em vídeo para um ou vários canais, e instalações. Sua arte, paradoxalmente abstrata, está centrada em figuras humanas e paisagens, alcançando qualidades sensoriais quase físicas que ultrapassam os limites da simples percepção visual. Uma projeção imersiva, “New Ocean: Thaw”, oferece um novo olhar sobre a vastidão poética do Alasca, aproximando-se do sentimento romântico da imensidão da natureza representada nos panoramas do século XIX, mas vista nas atuais circunstâncias de mudanças climáticas, catástrofes e derretimento das geleiras. Esta peça espetacular, que pertence à coleção, foi especificamente recriada para o Espace Louis Vuitton Tóquio pelo artista e é apresentada no programa “Hors-les-murs” da Fondation Louis Vuitton.

Louis Vuitton Omotesando Bldg. 7F
5-7-5 Jingumae, Shibuya-ku
Tokyo 150-0001 - Japan
T. +81-(0)3-5766-1094

Aberto todos os dias, do meio-dia às 20h
Aberto nos feriados nacionais, exceto em 1.º de Janeiro e nos feriados comerciais de Omotesando. Entrada gratuita

Clique aqui para obter mais informações.

Ice forms VII 2008

New Ocean: thaw 2001 Production still from New Ocean: thaw (2001) Courtesy of the artist © Doug Aitken

New Ocean: Thaw 2001

Visualização da exposição no Espace Louis Vuitton Tóquio, 2020 Videoinstalação com três canais de vídeo (cor, som), seis projeções, telas 4 minutos e 10 segundos Cortesia do artista e da Fondation Louis Vuitton Créditos da fotografia: © Keizo Kioku/Louis Vuitton

New Ocean: Thaw 2001

Visualização da exposição no Espace Louis Vuitton Tóquio, 2020 Videoinstalação com três canais de vídeo (cor, som), seis projeções, telas 4 minutos e 10 segundos Cortesia do artista e da Fondation Louis Vuitton Créditos da fotografia: © Keizo Kioku/Louis Vuitton

New Ocean: Thaw 2001

Visualização da exposição no Espace Louis Vuitton Tóquio, 2020 Videoinstalação com três canais de vídeo (cor, som), seis projeções, telas 4 minutos e 10 segundos Cortesia do artista e da Fondation Louis Vuitton Créditos da fotografia: © Keizo Kioku/Louis Vuitton

New Ocean: Thaw 2001

Visualização da exposição no Espace Louis Vuitton Tóquio, 2020 Videoinstalação com três canais de vídeo (cor, som), seis projeções, telas 4 minutos e 10 segundos Cortesia do artista e da Fondation Louis Vuitton Créditos da fotografia: © Keizo Kioku/Louis Vuitton

New Ocean: Thaw 2001

Visualização da exposição no Espace Louis Vuitton Tóquio, 2020 Videoinstalação com três canais de vídeo (cor, som), seis projeções, telas 4 minutos e 10 segundos Cortesia do artista e da Fondation Louis Vuitton Créditos da fotografia: © Keizo Kioku/Louis Vuitton

Retrato de Doug Aitken

Fotografia de Ami Sioux

Munique

Inaugurado em 2014, o Espace Louis Vuitton Munique contribui para o discurso mais amplo da arte contemporânea, apresentando novas posições e encontros de curadoria. Ele estimula o intercâmbio entre as cenas da arte local e internacional, profissionais de arte, colecionadores e o público.

Na forma de esculturas, vídeos, gravuras, fotografias e intervenções urbanas em grande escala, a obra em expansão do artista francês Cyprien Gaillard, inspirada na arquitetura e em lugares que revelam as histórias complexas das utopias do Século XX, manifesta um sentimento onipresente de temporal colisão. Testemunhando a beleza que exala da violência aparente de seu telescópio visual típico, a produção de Gaillard expõe realidades sócio-políticas contemporâneas e o apelo estético nascido de seu conflito brutal. Ao longo dos anos, a Coleção reuniu um número significativo de obras de Gaillard, um dos mais notáveis artistas de sua geração. O Espace Louis Vuitton Munique tem o orgulho de mostrar “Real Remnants of Fictive Wars V” (2004) e “Desniansky Raion” (2007) em uma mostra exclusiva reinventada pelo próprio artista para Wolkengarten, prolongando a revelação de suas obras para a Coleção, que começou em Paris, em 2015. Essas obras são apresentadas no âmbito do programa permanente “Hors-les-murs” da Fondation Louis Vuitton.

Maximilianstraße 2a
80539 Munique - Alemanha

Tel. +49 89 558938100

E-mail: info_espace.de@louisvuitton.com

De segunda a sexta, do meio-dia às 19 horas
e aos sábados, das 10h às 18h
Entrada gratuita

Cyprien Gaillard, Real Remnants of Fictive Wars V

© Courtesy of the artist and Fondation Louis Vuitton

Cyprien Gaillard, Real Remnants of Fictive Wars V

© Louis Vuitton / Christian Kain

Cyprien Gaillard, Real Remnants of Fictive Wars V

© Louis Vuitton / Christian Kain

Cyprien Gaillard, Real Remnants of Fictive Wars V

© Louis Vuitton / Christian Kain

Cyprien Gaillard, Real Remnants of Fictive Wars V

© Louis Vuitton / Christian Kain

Cyprien Gaillard, Desniansky Raion

© Louis Vuitton / Christian Kain

Cyprien Gaillard, Desniansky Raion

© Louis Vuitton / Christian Kain

Cyprien Gaillard, Desniansky Raion

© Louis Vuitton / Christian Kain

Cyprien Gaillard, Desniansky Raion

© Louis Vuitton / Christian Kain

Veneza

Desde 2013, o Espace Louis Vuitton Veneza é onde a arte contemporânea encontra a tradição artística de La Serenissima. Colocando a arte moderna e tradicional em contexto, ele oferece uma forma de quebrar barreiras, de reconectar a arte contemporânea às suas raízes e de celebrar a vitalidade da arte clássica, com o apoio que a Louis Vuitton dá a cada ano para a restauração da famosa arte veneziana. Ao mesmo tempo, a Louis Vuitton convida a uma programação cinematográfica sem precedentes no coração da lendária loja Spazio Etoile em Roma.

Como parte da 17.ª Exposição Internacional de Arquitetura – La Biennale di Venezia, a Fondation Louis Vuitton tem o prazer de apresentar “Charlotte Perriand and I” no Espace Louis Vuitton Venezia, uma mostra exclusiva que confronta as obras fundamentais de Charlotte Perriand e Frank Gehry. Ao longo do século passado, os desenvolvimentos em tecnologia aumentaram a frequência com que reimaginamos nossa casa. A evolução das tecnologias industriais e digitais, juntamente com a mudança dos valores sociais, permitiram aos arquitetos inventar novas soluções para a forma como vivemos. Hoje, em meio a uma crise ecológica que nós mesmos criamos, estamos tentando abrigar uma população global sem precedentes dentro de limites que estão em constante mudança. Os trabalhos de Perriand e Gehry são apresentados aqui como referências históricas e como soluções viáveis para esses problemas. Dois dos projetos, precursores das inovações atuais na coleta e consumo independente de energia, são exibidos pela primeira vez: o projeto Tritrianon de Perriand (1937) e o projeto Power Pack de Gehry (1969).

Paralelamente à exposição, o Spazio Etoile em Roma exibe uma programação cinematográfica exclusiva, apresentando todas as atividades da Fondation Louis Vuitton desde seu início, em 2014.

Espace Louis Vuitton Veneza
Calle del Ridotto 1353
30124 Veneza – Itália
Tel. +39 041 8844318
E-mail: info_espace.it@louisvuitton.com

Aberto de segunda-feira a domingo, das 10h30m às 18h30m
Aberto nos feriados nacionais. Entrada gratuita

Louis Vuitton Spazio Etoile
Piazza di San Lorenzo in Lucina, 41
00186 Roma – Itália

Aberto de segunda-feira a sábado, das 10h às 20h
e domingo, das 11h às 20h.
Aberto nos feriados nacionais. Entrada gratuita
E-mail: info_espace.it@louisvuitton.com

(c) Archives Ch. Perriand (c) Adagp, Paris 2021 (c) Frank O. Gehry

Photo credits (c) Daniele Nalesso / Louis Vuitton

(c) Archives Ch. Perriand (c) Adagp, Paris 2021 (c) Frank O. Gehry

Photo credits (c) Daniele Nalesso / Louis Vuitton

(c) Archives Ch. Perriand (c) Adagp, Paris 2021 (c) Frank O. Gehry

Photo credits (c) Daniele Nalesso / Louis Vuitton

(c) Archives Ch. Perriand (c) Adagp, Paris 2021 (c) Frank O. Gehry

Photo credits (c) Daniele Nalesso / Louis Vuitton

(c) Archives Ch. Perriand (c) Adagp, Paris 2021 (c) Frank O. Gehry

Photo credits (c) Daniele Nalesso / Louis Vuitton

Pequim

Inaugurado em 2017, o Espace Louis Vuitton Pequim está localizado no Distrito Central de Negócios da capital chinesa. Seus 800m² de espaço de exposição são dedicados exclusivamente a exposições de arte contemporânea.

O Espace Louis Vuitton Pequim dedica sua nova exposição ao grande artista Alberto Giacometti. Esta exposição é a sexta apresentação dentro da estrutura do programa “Hors-les-murs” da Fundação Louis Vuitton. Giacometti rapidamente se afastou dos objetos surreais que lhe trouxeram reconhecimento na década de 1920, para se concentrar no modelo. À medida que os corpos que esculpia se tornavam mais finos e com uma sensação de fracasso persistente por sua incapacidade de reproduzir seus modelos como os percebia, ele alcançou extrema simplificação das formas, reduzindo-as às linhas essenciais de sua existência precária.

(1950), Femme de Venise III [Mulher de Veneza III] (1956), Grande Femme II [Mulher alta II] (1960) e Têtes d'homme [Cabeças de homem] (Lotar I), (Lotar II) e (Lotar III) (1964-65). Estas obras selecionadas prestam homenagem ao virtuosismo deste icônico artista suíço.

Espace Louis Vuitton Beijing
China World Shopping Mall South Zone W. Bldg.
1 Jianguomenwai Ave.
Beijing

Informações :
Louis Vuitton Client Services Center +86 400 6588 555

Aberto de segunda a domingo - 11h às 19h
Aberto em feriados nacionais. Entrada gratuita

Grande femme II

© Sucessão Alberto Giacometti (Fundação Alberto et Annette Giacometti, Paris) © Adago, Paris 2021 Créditos das fotos: © Fundação Louis Vuitton / Marc Domage

Femme de Venise III

© Sucessão Alberto Giacometti (Fundação Alberto et Annette Giacometti, Paris) © Adago, Paris 2021 Créditos das fotos: © Fundação Louis Vuitton / Marc Domage

Trois hommes qui marchent

© Sucessão Alberto Giacometti (Fundação Alberto et Annette Giacometti, Paris) © Adago, Paris 2021

Homme qui chavire

© Sucessão Alberto Giacometti (Fundação Alberto et Annette Giacometti, Paris) © Adago, Paris 2021 Créditos das fotos: © Fundação Louis Vuitton / Marc Domage

Buste d'homme

© Sucessão Alberto Giacometti (Fundação Alberto et Annette Giacometti, Paris) © Adago, Paris 2021 Créditos das fotos: © Fundação Louis Vuitton / Marc Domage

Buste d'homme assis

© Sucessão Alberto Giacometti (Fundação Alberto et Annette Giacometti, Paris) © Adago, Paris 2021 Créditos das fotos: © Fundação Louis Vuitton / Marc Domage

Tête d'homme

© Sucessão Alberto Giacometti (Fundação Alberto et Annette Giacometti, Paris) © Adago, Paris 2021 Créditos das fotos: © Fundação Louis Vuitton / Marc Domage

Tête sur tige

© Sucessão Alberto Giacometti (Fundação Alberto et Annette Giacometti, Paris) © Adago, Paris 2021 Créditos das fotos: © Fundação Louis Vuitton / Marc Domage

Seul

Inaugurado em 2019, o Espace Louis Vuitton Seul está situado no quarto andar da Maison Louis Vuitton Seul, cuja fachada foi projetada pelo famoso arquiteto canadense-americano Frank Gehry. Uma estrutura de vidro inspirada na tradicional dança coreana Dongnae Hakchum forma o abrigo de um espaço de arte contemporânea, refletindo as velas do edifício da Fondation Louis Vuitton em Paris.

O Espace Louis Vuitton Seul apresenta, pela primeira vez na Coreia, a Versão IX de “4900 Colours” (2007) de Gerhard Richter. Com formação clássica como pintor, o famoso artista alemão manteve um fascínio pelo poder da imagem e pela relação da pintura com a fotografia ao longo da vida. Sua obra, entre a arte figurativa e abstrata, varia de retratos baseados em fotografia ou pinturas de paisagens e naturezas mortas a abstrações gestuais e monocromáticas, e pinturas em grade de cores onde os temas de aleatoriedade, realismo e abstração são proeminentes. “4900 Colours”, que pertence à coleção, é apresentada em Seul dentro da estrutura do programa “Hors-les-murs" da Fondation Louis Vuitton.

Espace Louis Vuitton Seul
454 Apgujeong-ro
Gangnam-gu
Seoul 06015
Coreia do Sul

Informações :
T. +82 2 3432 1854
info_espace.kr@louisvuitton.com

Agende uma visita

Aberto todos os dias, do meio-dia às 19h
Fechado no Ano-Novo, no Ano-Novo Lunar e no Dia de Chuseok (Dia de Ação de Graças Coreano)
Entrada gratuita

Gerhard Richter, 4900 FARBEN (2007).

© Cortesia do artista e Fundação Louis Vuitton

Gerhard Richter, 4900 FARBEN (2007).

© Cortesia do artista e Fundação Louis Vuitton

Gerhard Richter, 4900 FARBEN (2007).

© Cortesia do artista e Fundação Louis Vuitton

Gerhard Richter, 4900 FARBEN (2007).

© Cortesia do artista e Fundação Louis Vuitton

Gerhard Richter, 4900 FARBEN (2007).

© Cortesia do artista e Fundação Louis Vuitton

Osaka

O Espace Louis Vuitton Osaka recebe os admiradores da arte contemporânea no quinto andar da Maison Louis Vuitton Osaka Midosuji. Concebido pelo arquiteto japonês Jun Aoki, este edifício emblemático apresenta uma fachada notável, inspirada em um navio de carga Higaki-Kaisen tradicional e suas velas ondulantes, lembrando a história marítima da cidade.

A pintora expressionista abstrata Joan Mitchell estruturou sua arte em torno do desejo de traduzir com fidelidade a natureza contrabalançada por uma força expressiva subjetiva e violenta. Sua sensualidade cromática, sustentada pela conspícua estrutura de suas obras, reorienta suas pinturas sobre a paisagem na década de 1980, como evidenciado por Untitled (1979) e Cypress (1980). Por outro lado, a obra minimalista de Carl Andre mostra uma execução rigorosa e uma rejeição explícita do simbolismo. Suas obras, feitas de materiais fundamentais equivalentes em forma e estrutura, não têm sentido próprio e não deixam nenhum vestígio de sua intervenção, como se vê em Draco (1979-2008) e sua relação típica com o espaço.

A exposição inaugural do Espace Louis Vuitton Osaka, Fragments of a landscape, revela a riqueza das visões aparentemente conflitantes desses grandes artistas, entre liberdade expressiva de cores violentas e rigor geométrico puro. As obras, que pertencem à Coleção, são apresentadas no âmbito do programa “Hors-les-murs” da Fondation Louis Vuitton.

Espace Louis Vuitton Osaka
Louis Vuitton Maison Osaka Midosuji 5F
2-8-16, Shinsaibashi-suji, Chuo-ku, Osaka 542-0085

Informações:
Tel. +81 3 5766 1094
espace_osaka.jp@louisvuitton.com

Horário de funcionamento: De segunda-feira a sábado, das 12h às 20h
Fechado nos feriados Louis Vuitton Maison Osaka Midosuji
Entrada gratuita

Joan Mitchell, Untitled (1979).

© The Estate of Joan Mitchell. Cortesia da Fondation Louis Vuitton

Joan Mitchell, Cypress (1980).

© The Estate of Joan Mitchell. Cortesia da Fondation Louis Vuitton

Carl Andre, Draco (1979-2008).

© Adagp, Paris 2021. Créditos da fotografia: Fondation Louis Vuitton / Marc Domage. Cortesia do artista e da Fondation Louis Vuitton.